Serrinha: Família de bebê com doença rara luta por medicamento que custa mais de 2 milhões

Mariana Silva Pereira, de apenas 1 ano, natural da cidade de Serrinha, nasceu com Atrofia Muscular Espinhal (AME), uma doença rara degenerativa e sem cura, e vive conectado a aparelhos. A doença condiciona que Mari como é conhecida a garotinha, a cada dia, perca um pouco dos movimentos.

Em contato com o A Voz do Campo, Ane Michele, mãe da garota, disse que os medicamentos custam cerca de R$2.100.000,00( dois milhões e cem mil reais) e eles não tem condições financeira para custear as despesas. “O tratamento com o medicamento SPINRAZA é a única medicação que paralisa a doença, caso essa paralisação não aconteça, os médicos deram a possibilidade de vida até os dois anos de idade” disse a mãe ao A Voz do Campo muito emocionada. “A AME é uma doença degenerativa rara muito grave, em toda nossa região, só existe o caso de Mariana, peço que todos abracem essa causa”, implorou a mãe. A Associação de Músicos de Serrinha e a Escola de Música Mozart estará promovendo no dia 03 de maio, a partir das 19h na AABB da cidade, um evento em prol da pequena Mari.


Você pode ajudar através de doações pela “vaquinha online” (aqui) ou via depósito: Caixa Econômica | Agência 0077 | Operação 013 | Conta Poupança 8910-0 | Denise Mary dos Santos.

Mais informações (75) 99975-3657