Serrinha é escolhida para sediar Policlínica Regional do Sisal


A cidade de Serrinha vai sediar a Policlínica Regional de Saúde que será construída pelo Governo da Bahia para atender moradores de 14 municípios do Território do Sisal. A escolha foi feita durante reunião com prefeitos e representantes do Governo do Estado que aconteceu no auditório da presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, na manhã desta sexta-feira (11).

Moradores de Araci, Barrocas, Biritinga, Conceição do Coité, Euclides da Cunha, Lamarão, Monte Santo, Quijingue, Retirolândia, Santaluz, São Domingos, Serrinha, Teofilândia, Tucano e Valente serão atendidos na Policlínica, que oferece especialidades médicas, exames de ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros.


Assim como as demais unidades construídas em outras regiões da Bahia, a Policlínica de Saúde do Sisal deve custar cerca de R$ 25 milhões, entre obras e equipamentos, que são assumidos integralmente pelo Governo do Estado. Já a manutenção mensal da unidade é dividida entre Estado, responsável por 40%, e os municípios consorciados, que rateiam os 60% restantes, proporcionalmente à sua população.
O Governo do Estado também deve entregar um ônibus a cada cidade, a fim de garantir o transporte gratuito dos pacientes agendados à policlínica. Os veículos são equipados com ar-condicionado, televisão, poltronas reclináveis e acessibilidade para deficientes.