Projeção de mortes por Covid-19 em Salvador cai, mas Neto avisa: 'Número preocupante'


Projeção de mortes por Covid-19 em Salvador cai, mas Neto avisa: 'Número preocupante'
Foto: Divulgação


O prefeito de Salvador, ACM Neto, apontou, nesta segunda-feira (18), a queda da projeção de número de mortos pela Covid-19 até o fim do mês. No boletim atualizado, o esperado é que a capital baiana tenha 556 óbitos, diferente do apresentado no dia 1º de maio, com expectativa de quase 900 mortos (relembre aqui). Ainda assim, o gestor afirmou que este é um "número preocupante".

 

"Tínhamos uma projeção de 73 óbitos por dia e conseguimos reduzir. Tudo isso é fruto do esforço que vem sendo feito para aumentar os leitos e diminuir a taxa de transmissão. Ainda assim é um número altíssimo e preocupante. Há 15 dias atrás, o projetado era 890 e conseguimos diminuir para 556 óbitos no dia 1º de junho. Continuo insistindo que é um número grande", afirmou.

 

ACM Neto também destacou a manutenção da média de letalidade ao longo deste mês. Enquanto Salvador tem uma taxa de 3,5%, o Brasil possui 6,7% de mortos entre os casos confirmados.

 

"A gente vem mantendo essa taxa de letalidade, com uma pequena oscilação. Esse número de 3,5% dá a média do que é hoje. Felizmente, é uma taxa que está na metade do Brasil", indicou.

 

De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde da Bahia, Salvador tem 4.834 casos confirmados da doença.