Bahia aguarda novas doses após cidades aplicarem todo estoque de vacinas contra Covid

 


Bahia aguarda novas doses após cidades aplicarem todo estoque de vacinas contra Covid
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Com ritmo de vacinação mais rápido que a disponibilidade de vacinas, como era esperado, a Bahia aguarda a chegada de um novo lote de ressuprimento de imunizantes contra a Covid-19 na próxima quarta-feira (17).

 

Em todos o estado pelo menos 40 municípios já atingiram 100% de aplicação das doses recebidas. Mais de 75% do total de vacinas recebidas pela Bahia já foram aplicadas pelos municípios (leia mais aqui). 

 

As doses disponibilizadas para Salvador acabaram nesta terça-feira (10). A capital da Bahia pediu socorro e após uma reunião entre os secretários da Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, e do município, Leo Prates, foi definido que a Sesab iria disponibilizar mais oito mil doses para a cidade.

 

Vilas-Boas destacou que a estratégia adotada pela gestão municipal de Salvador foi diferente da Bahia. O secretário explicou a situação durante transmissão ao vivo nas redes sociais do governador Rui Costa (PT), na noite desta terça-feira (9). 

 

"A estratégia de vacinação adotada pela prefeitura definia que vacinaria as pessoas acima de 85 anos. No resto da Bahia vacinamos por idade", argumentou o titular da Sesab. "Ontem foi 89 [anos], hoje 88, amanhã 87, e isso está permitindo no interior irmos avançando com as faixas etárias mais idosas. Salvador vacinou todos e acabou interrompendo", acrescentou. 

 

Após a reunião entre Sesab e SMS, Salvador mudou a estratégia e restringiu a vacinação por idade. Com isso a cidade se igualou ao modus operandi do resto do estado e a imunização passou a ser escalonada a partir desta quarta-feira (10), dia em que estão recebendo doses apenas os idosos com 87 anos.  

 

Na quinta-feira (11) a campanha contemplará os as pessoas com 86 anos ou mais, e na sexta-feira (12) os de 85 anos.

 

"Se ainda tiver dose no sábado [serão vacinados] os de 84", disse Vilas-Boas. 

 

O estoque escasso fez com que a SMS suspendesse temporariamente a campanha de vacinação contra Covid-19 para os trabalhadores da saúde (leia mais aqui).

 

Mais uma carga de insumo para produção da vacina Coronavac, produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, desembarcou na manhã desta quarta em São Paulo. O governo do estado informou que a carga contém cerca de 5.600 litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), o suficiente para produzir cerca de 8,7 milhões de vacinas contra a Covid-19 (saiba mais aqui).