Vitória quita débitos na CNRD e já pode voltar a registrar jogadores no BID

 


Vitória quita débitos na CNRD e já pode voltar a registrar jogadores no BID
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Vitória está com o “nome limpo” no “mercado da bola”. O clube foi autorizado nesta segunda-feira (15) a registrar jogadores. A agremiação estava impedida de contratar atletas em razão de débitos na Câmara Nacional da Resolução de Disputas (CNRD) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) (saiba mais aqui).

 

Em entrevista ao programa BN na Bola, da rádio Salvador FM 92.3, apresentado por Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama, Dilson Pereira Júnior, diretor jurídico do Vitória deu detalhes sobre a liberação do Rubro-negro para trazer novos atletas ao elenco.

 

“O Vitória já pode fazer registro de novos atletas. A CNRD emitiu na última quinta-feira ordens em cada um dos processos, revogando a penalidade de suspensão”, declarou o diretor. “A CNRD entende que a postura do Vitória no sentido de cumprir com suas obrigações, havendo assim, para o clube, a necessidade de observar cada um dos próximos vencimentos e deixar os pagamentos em dia”, completou.

 

Devido três problemas envolvendo pagamentos, o Rubro-negro foi impedido de registrar jogadores por seis meses, mas já havia resolvido os problemas e aguardava apenas uma resposta da CNRD confirmando a resolução das situações e, consequentemnte, liberando o clube da punição. 

 

“Nós estamos atentos à situação da CNRD, é uma instituição que gerou uma mudança de perspectiva no futebol brasileiro. Os clubes sempre trabalharam com a judicialização, sobretudo quando há mudança de gestão, quando algum desacordo entre o clube e o atleta, ou empresário, e com a CNRD os clubes são obrigados a mudar essa perspectiva. Quando uma situação é colocada sob sua tutela, ela costuma decidir rapidamente em torno de meses e tem a seu favor a possibilidade de aplicar punições”, explicou Dilson Pereira Júnior.

 

“Então, os clubes não podem mais tratar as situações como em segundo plano. O Vitória passa por uma crise, mas nós estamos tentando contornar essa situação e o Vitória está empenhado em cumprir adequadamente com todos os acordos celebrados”, finalizou o diretor jurídico.

Postar um comentário

0 Comentários