Cerca de 300 pessoas ficarão desempregadas com suspensão da produção de empresa calçadista em Conceição do Coité

 


Empresa atua há pouco mais de 5 anos em Conceição do Coité

A empresa calçadista Lia Line que opera há pouco mais de 5 anos no município de Conceição do Coité, no Território do Sisal da Bahia, encerrará as atividades no município, deixando o saldo de aproximadamente 300 pessoas desempregadas num momento de crise provocada pela pandemia do coronavírus.

Segundo o sita Calila Notícias, a Lia Line, confecciona calçados em Conceição do Coité desde junho de 2015, quando passou a ocupar o galpão após a saída da Via Uno. A empresa tem cerca de 300 funcionários, que já foram avisados sobre o fechamento, desde o dia 15, deste mês. Os empregados estarão dispensados a partir do mês de Abril, e receberão todos os direitos trabalhistas.

Empregados estão avisados desde o dia 15/03

O ex-presidente da Sintracal, conhecido como Leo, informou ao CN que a empresa estará encerrando a produção por enfrentar dificuldades no mercado diante da crise em todo território nacional. O presidente esclareceu que em um cenário econômico mais favorável, há chance de um retorno das atividades, possivelmente em agosto deste ano. A Lia Line atua também no município de Valente, mas não há informações de um possível fechamento da empresa naquela cidade.