Ex-prefeito de Serrolândia acusado de estupro é preso durante operação

 


Ex-prefeito de Serrolândia acusado de estupro é preso durante operação
Foto: Reprodução / Facebook

Acusado de estupro contra duas irmãs, o ex-prefeito de Serrolândia, no Piemonte da Diamantina, Jaime Franco, foi preso. A informação foi confirmada nesta terça-feira (9) ao Bahia Notícias pela Polícia Civil. O ex-gestor teve o mandado de prisão cumprido em Salvador nesta segunda-feira (8) dentro da Operação Resguardo.

 

A ação combate crimes de violência contra a mulher e cumpriu outros 20 mandados de prisão, além de outras 20 medidas protetivas e autuação de três homens em flagrante. Franco era procurado desde que um vídeo começou a circular pela internet. A imagem mostra o idoso sem roupas em uma cama com uma das vítimas, que tem transtorno mental (ver aqui). Ele ficava ajoelhado de frente para a jovem que mexia em um aparelho.

 

O acusado chega a ser repreendido pela tia das jovens, pedindo que ele parasse o ato, mas o homem se nega a interromper a ação. O caso ocorreu no dia 18 de fevereiro, e o vídeo começou a circular dois dias depois. Desde então, o ex-prefeito não foi mais encontrado. 

 

A Operação Resguardo, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), teve como alvos investigados por ameaça, lesão corporal, tentativa de feminicídio, descumprimento de medida protetiva, estupro, importunação sexual, entre outros crimes contra a mulher.

 

Além de Salvador onde o mandado contra Jaime Franco foi cumprido, a operação também procurou alvos em Feira de Santana, Alagoinhas, Governador Mangabeira, Guanambi, Coribe e Juazeiro. Franco, assim como os outros detidos, segue à disposição da Justiça e deve ser encaminhado para um presídio.

 

Cerca de 270 policiais participaram da Resguardo. Os agentes fazem parte dos departamentos de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Inteligência Policial (DIP) e da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter).