Policial militar é morto a tiros durante festa de aniversário em Teofilândia

 


Um soldado da Polícia Militar morreu após ser baleado enquanto participava de uma festa de aniversário, na noite deste sábado (13), na zona rural de Teofilândia, distante 22 quilômetros de Serrinha. O caso aconteceu no povoado Fronteira, por volta das 20h30. A vítima, Alberto David Duarte dos Santos, de 28 anos, chegou a ser levada para o Hospital Municipal, mas não resistiu.

A reportagem  apurou que o PM era lotado na 40º Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no Nordeste de Amaralina, em Salvador, estava de férias e havia sido convidado a participar da comemoração.

De acordo com o boletim de ocorrência, momentos antes do aniversário, o policial estava em um bar com alguns amigos, quando um homem se aproximou do local exibindo uma arma de fogo. Para conter o suspeito, o militar efetuou disparos de alerta para o alto e, logo depois, seguiu até a casa onde ocorreria a festa.

 

PM foi morto com tiros de pistola calibre 380 no peito e nos braços; ele estava na corporação há 3 anos
Ao saber da presença do policial na comunidade, um traficante identificado como Fabrício de Jesus da Paixão, vulgo "Babito", se juntou a comparsas e invadiu o local onde a vítima estava. David Duarte foi morto com tiros de pistola calibre 380 no peito e nos braços. 

Outro homem que estava no local, identificado como Erisvaldo Oliveira dos Santos, também foi baleado, mas não corre perigo de morte. 

Equipes do 16º Batalhão e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste) estão fazendo buscas pelos suspeitos. Até a publicação desta matéria, ninguém havia sido preso. *Com a colaboração do repórter Reny Maia