Serrinha chega a quase 81,7 mil habitantes e continua a 22ª mais populosa da BA

 


Serrinha atingiu a marca de 81.693 habitantes e continua como a 22ª cidade mais populosa da Bahia, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa se refere a 1° de julho de 2021 e foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (27).

No município, eram 81.286 moradores em 2020. Houve, portanto, um acréscimo de 407 habitantes no intervalo de um ano. Nacionalmente, a população passou de 211,8 milhões para 213.317.639 de pessoas.

O índice representa alta de, aproximadamente, 0,5% em relação à projeção de 2020 – pouco abaixo do crescimento nacional, estimado em 0,77%. Nesta estimativa, o IBGE não incorporou os efeitos da pandemia.

"Os efeitos da pandemia da Covid-19 no efetivo populacional não foram incorporados nesta projeção, devido à ausência de novos dados de migração, além da necessidade de consolidação dos dados de mortalidade e fecundidade, fundamentais para se compreender a dinâmica demográfica como um todo", informou o IBGE.

Segundo o instituto, as implicações da pandemia no tamanho da população serão verificadas a partir do próximo Censo Demográfico, previsto para ser realizado no ano que vem.

População estimada das 20 cidades da região do Sisal em 2021

De acordo com o IBGE, a população estimada da região do Sisal chega a 609.115 habitantes em 2021 [veja os números abaixo].

•    Serrinha - 81.693 habitantes
•    Araci - 54.903 habitantes
•    Barrocas - 16.225 habitantes
•    Biritinga - 15.989 habitantes
•    Candeal - 8.109 habitantes
•    Cansanção - 34.929 habitantes
•    Conceição do Coité - 67.394 habitantes
•    Ichu - 6.232 habitantes
•    Itiúba - 36.140 habitantes
•    Lamarão - 8.078 habitantes
•    Monte Santo - 49.145 habitantes
•    Queimadas - 25.428 habitantes
•    Retirolândia - 14.588 habitantes
•    São Domingos - 9.085 habitantes
•    Quijingue - 27.672 habitantes
•    Nordestina - 13.197 habitantes
•    Santaluz - 37.704 habitantes
•    Teofilândia - 22.590 habitantes
•    Tucano - 50.903 habitantes
•    Valente - 29.111 habitantes

Cidades do território que 'encolheram' em 2021

Segundo o IBGE, quatro dos 20 municípios sisaleiros perderam moradores em 2021. Em números totais, Monte Santo foi a cidade que mais perdeu habitantes – são 133 a menos que no ano passado, seguido por Lamarão (-113) e Candeal (-72). Queimadas perdeu apenas cinco moradores.

Cidade que mais cresceu teve aumento aproximado de 1,07%

Valente é o município com o maior crescimento proporcional na região, segundo o IBGE. A cidade tem a população estimada em 29.111 moradores neste ano, 311 moradores a mais que ano passado. O índice representa aumento aproximado de 1,07%.

Barrocas é a segunda nesse quesito, com cerca de 0,74% de aumento. O município passou de 16.105 para 16.225 moradores.

Postar um comentário

0 Comentários