Serrinha – Paciente de Biritinga inaugura equipamento da Policlínica Regional de Saúde

 



O Calila Notícias vem realizando uma série de reportagens sobre a Policlínica Regional de Saúde construída em Serrinha para atender moradores de 14 municípios da Região do Sisal. A primeira matéria nossa equipe mostrou a localização da unidade de saúde através de fotos e vídeo toda estrutura, cujos registros foram feitos dois dias antes da solenidade de inauguração (veja).


Na manhã de segunda-feira, 13, o CN acompanhou o ato de inauguração que contou com a presença do governador Rui Costa, secretária de Saúde em exercício Tereza Paim, deputados federais e estaduais, além de prefeitos dos 14 municípios do Consórcio Público Interfederativo de Saúde do Sisal (CONFIS) que é presidido pelo prefeito de Euclides da Cunha, Luciano Pinheiro.


Nossa equipe de reportagem esteve na manhã desta terça-feira, 14, primeiro dia de atendimento para conhecer as primeiras pessoas a serem atendidas e encontrou a servidora pública de Biritinga, município vizinho à Serrinha e que fica distante 21 km da Polioclínica, Dona Marizete dos Santos Oliveira, 56 anos, zeladora do Posto de Saúde Sede II em Biritinga. Segundo ela foi realizar uma ressonância magnética que esperava há seis meses.

Além de Dona Marizete, outras seis pessoas se deslocaram de Biritinga no ônibus padronizado também entregue pelo Governo do Estado para o transporte dos pacientes e chegaram em Serrinha por volta das 07h20.


O CN foi informado que neste primeiro dia atende os pacientes que precisam fazer ressonância, tomografia e raio-x. Biritinga tem 21 pacientes para realizar os exames pela manhã e tarde. O município de Valente tinha agenda para esta terça-feira também, porém foi remarcado para outro dia.


Teve um caso isolado de um idoso de Teofilândia com problema de visão, ele que é morador do Povoado Sucavão foi encaminhado pelo hospital local. Senhor Crispim contou com o apoio de José Mário (acompanhante).

Vale lembrar que a policlínica em Serrinha oferece consultas especializadas em angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia, pequenos procedimentos cirúrgicos, ginecologia, pneumologia, dermatologia, reumatologia, anestesia, fisioterapia e ortopedia. As especialidades não médicas são farmácia clínica, enfermagem, psicólogo e nutricionista e exames de mapa, holter, ecocardiograma, ergometria, eletrocardiograma, eletroencefalograma, endoscopia digestiva, ultrassonografia doppler, raio-x e tomografia.

Policlínica e a geração de empregos indiretos


A equipe do CN registrou na frente da Policlínica o surgimento de duas atividades de trabalhadores autônomos, um trailler e alguns mototaxistas.


A senhora Hilda Oliveira de Araújo é proprietária do trailler disse ao CN que inaugurou junto com a Policlínica.”Quando começou a construção da policlínica tivemos a ideia de colocar esse trailler que já está aqui há um ano, mas inauguramos juntos e vendemos água, salgados, refrigerantes, sucos, café, entre outros alimentos e doces”, contou a comerciante que tem uma filha.

O mototaxista Antônio José Ferreira de Lima “Girana Mototáxi” disse que estava ansioso para inauguração com a ideia de usar o local como ponto de mototáxi. Segundo ele fazia ponto na frente do hospital nos fins de semana e agora vai fixar todos os dias de atendimento na Policlínica.


Outro motociclista que vai fazer ponto também na policlínica é Fabrício da Silva que antes trabalhava no Bairro Cidade Nova. Tem motociclista começando também na função de táxi sobre duas rodas.


Thiago Neves da Silva que disse que não é só encostar a moto no ponto, é preciso procurar a coordenação de trânsito de Serrinha e cadastrar o veículo. Além dos três motociclistas citados, outros dois começam atuando no setor.

Do Portal Calila Notícias/Fotos: Valdemi de Assis e Raimundo Mascarenhas

Postar um comentário

0 Comentários