Coité: Idoso é transferido para o HGE após ser atacado por Pit bull

 




Foi preciso a vizinhança se juntar com pau e pedra para o animal soltar a vítima. Animal teria se saltado por um espaço do portão. 

Animal teria se saltado por esse espaço do portão e atacado o idoso que lutou bastante próximo ao muro branco a direita da foto

Um clima de muita tensão tomou conta dos moradores da Rua Tiburtino Ferreira, bairro do CAIC em Conceição do Coité na manhã desta sexta-feira, 22, depois que o cão da raça pit bull passou por um orifício de um portão e atacou um idoso quando se dirigia para sua residência empurrando uma bicicleta pouco antes das 09h.

Nora mostra o muro com marcas de sangue e várias pedras usadas pela vizinhança para afastar o animal
Vivaldo da Silva Mascarenhas, 78 anos, estava a menos de 50 metros de casa quando o animal partiu pra cima dele e cravou uma potente mordida no seu braço esquerdo quando começou a luta para se libertar. Familiares e vizinhos ao perceberem o ataque e o risco até mesmo de vida que o idoso passava naquele momento pegaram os mais diversos objetos como armas tipo, madeira e pedra para bater no cachorro. "Ele pedia ajuda a gente, me socorre, enquanto lutava e com a outra mão batia com uma pedra no cachorro, depois rolou pelo chão com o animal, mas ele não soltava, depois de muita gente lutar ele soltou e ainda partiu pra cima dele depois que soltou", contou a comerciante do bairro conhecida por Nea, nora da vítima.
O animal amarrado no quintal de onde saiu, foto registrada horas depois do ataque
Vivaldo conhecido como ‘Dade’ foi socorrido para o Hospital Português – Unidade Regional de Conceição do Coité e não demorou muito para ser transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE) com serias lesões no braço esquerdo e depois de ter perdido muito sangue.  

Quem presenciou tudo foi dona Maria Dalva, esposa de Vivaldo que disse que por pouco não foi a vítima e que estando próximo foi a primeira ajudar na difícil missão de socorro.  
Tocador de vídeO Calila Notícias não encontrou nenhum morador na residência e não tivemos a identidade do mesmo, no entanto teve acesso a foto do cachorro amarrado no quintal. Um cidadão disse que avisou ao dono que o animal estava solto pela rua e minutos depois aconteceu o ataque ao idoso.  

O Calila Notícias não encontrou nenhum morador na residência e não tivemos a identidade do mesmo, no entanto teve acesso a foto do cachorro amarrado no quintal. Um cidadão disse que avisou ao dono que o animal estava solto pela rua e minutos depois aconteceu o ataque ao idoso.

Outros moradores disseram que não foi a primeira vez que o animal saltou pelo portão e levou pânico.

Postar um comentário

0 Comentários