Operação conjunta prende integrantes de quadrilha acusada de furtar gado em Inhambupe e Serrinha

 


Em ação conjunta, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil da Bahia deflagraram a ‘Operação Porteira Fechada’, na manhã desta quinta-feira (18). O objetivo da ação é combater uma organização criminosa especializada em furtar animais de carga e abate, em campos e fazendas, crime conhecido como abigeato.

Os suspeitos atuavam há mais de 10 anos furtando gado em cidades baianas como Barreiras, Ibotirama, Seabra, Baixa Grande, Ipirá, Inhambupe, Pedrão, Serrinha e Feira de Santana. Investigações demonstram que o grupo criminoso lucrava muito com os furtos praticados, uma das propriedades usadas pelos criminosos é avaliada em mais de R$ 5 milhões. Além disso, três veículos de luxo foram apreendidos, duas hilux e uma amarok.


As equipes ainda apreenderam aproximadamente 120 cabeças de gado e seis cavalos. Na ocasião, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, nas cidades de Salvador (BA), Valença (BA), Conceição do Jacuípe (BA) e Feira de Santana (BA). Houve o cumprimento também de um dos três mandados de prisão decretados em Feira de Santana (BA), tendo em vista que dois dos suspeitos já se encontravam presos.

Em agosto deste ano, cinco membros da organização criminosa já haviam sido presos em flagrante após furtarem gados nas cidades baianas de Inhambupe e Sátiro Dias.

Grupo criminoso lucrava altos valores com os furtos praticados. Três veículos de luxo foram apreendidos

Operação apreendeu cerca de 120 cabeças de gado e seis cavalos

Postar um comentário

0 Comentários