Bahia goleia o Jacuipense e se afasta da zona de rebaixamento do Baianão


Bahia goleia o Jacuipense e se afasta da zona de rebaixamento do Baianão

O Bahia goleou o Jacuipense por 4 a 1, na tarde deste sábado (12), na Arena Fonte Nova, pela oitava rodada do Campeonato Baiano. Luiz Otávio, Marco Antônio, Patrick e Rodallega marcaram para os donos da casa, enquanto Júlio descontou para os visitantes. Em grande estilo, o Tricolor acabou com o jejum de triunfos, que durava quatro jogos no estadual, e ainda quebrou a invencibilidade do Leão Grená, que vinha com 100% de aproveitamento.

 

Com o resultado, o Bahia somou nove pontos e subiu para a quinta colocação, neste momento, na tabela abrindo três pontos de vantagem da zona de rebaixamento. Já classificado e com a liderança assegurada, o Jacuipense segue com 21 pontos, sete a mais do que o Bahia de Feira, que é o vice-líder.

 

A última rodada da primeira fase do Baianão terá todos os jogos acontecendo na próxima quarta-feira (16), às 19h15. O Bahia encara o Vitória da Conquista, novamente na Fonte Nova. Enquanto o Jacuipense enfrentará o Atlético de Alagoinhas, na Arena Valfredão.

 

O JOGO

O Bahia chegou a balançar as redes aos quatro minutos de jogo com Marco Antônio tocando para o fundo do gol aproveitando cruzamento rasteiro de Raí pela direita. Porém, a arbitragem anulou o lance assinalando um impedimento na construção da jogada. Dois minutos depois, o jogo foi paralisado para atendimento médico do atacante Jeam. Ele não conseguiu se recuperou e Júlio foi o substituto.

 

Aos 13, o Tricolor encaixou uma boa jogada na base da troca de passes. Raí passou para Douglas Borel que bateu cruzado tentando o cruzamento para o miolo da pequena área, mas a bola saiu.

 

Luiz Otávio abre o placar
O Tricolor abriu o placar aos 15 minutos com Luiz Otávio. Na cobrança de falta, Marco Antônio levantou a bola a meia altura e o zagueiro apareceu livre de marcação acertando um sem-pulo para estufar as redes. Bahia 1x0 Jacuipense

 

Apesar de estar à frente no placar, Tricolor continuou a pressão sobre o adversário. Após falha da defesa do Leão Grená, Rodallega roubou a bola e bateu para o gol.

 

O Jacuipense teve uma ótima oportunidade aos 25 minutos. Vinícius Amaral fez grande jogada fazendo fila na defesa do Tricolor, invadiu a área, mas finalizou mal e mandou para fora. 

 

O Bahia criou outra boa chance aos 28 minutos no chute de Luiz Henrique. Na triangulação, o lateral recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado para a defesa de Mota, que mandou para escanteio. Três minutos depois, o Tricolor assustou o Leão Grená novamente através de Daniel. Danilo Rios desequilibrou, caiu e Daniel aproveitou a sobra, cortou para o meio e bateu forte para o gol, mas ela foi para fora.

 

Júlio empata para o Jacupa
O Jacupa chegou ao empate com Júlio aos 34 minutos. Danilo Rios fez o lançamento buscando o ataque, Matheus Teixeira saiu mal e não conseguiu cortar. A bola sobrou para o camisa 17 do Leão Grená que tocou para o gol vazio para deixar tudo igual. Bahia 1x1 Jacuipense

 

Marco Antônio faz o 2º do Tricolor
Marco Antônio recolocou o Tricolor na frente aos 37 minutos. Daniel fez belo lançamento e o camisa 11 bateu de primeira com a perna esquerda marcando um golaço. Bahia 2x1 Jacuipense

 

Patrick amplia para o Bahia

O Bahia chegou ao terceiro gol com Patrick aos 45 minutos. Na insistência, Marco Antônio dominou e finalizou da entrada da área, mas a bola desviou na defesa e sobrou para o volante que bateu no canto e ampliou o placar. Bahia 3x1 Jacuipense

 

Segundo tempo


Enquanto o Bahia voltou do vestiário com a mesma formação, o Jacuipense fez duas alterações. Newton e Eudair entraram, respectivamente, nos lugares de Fábio Bahia e Vinícius Amaral.

 

Assim como na etapa inicial, o Tricolor recomeçou o jogo balançando as redes aos dois minutos. Rodallega tocou para Marco Antônio, que driblou Mota e tocou para o fundo do gol. Mas a arbitragem assinalou o impedimento no lance. O Jacuipense respondeu aos quatro, finalizando na entrada da área, mas a redonda foi para fora.

 

A substituição já havia sido programada, mas Evandro pediu para ficar em campo por mais alguns minutos. Antes da cobrança de falta de Rodallega, o lateral do Jacupa ficou impedindo a batida do colombiano e acabou recebendo o cartão amarelo. O jogador forçou a advertência para cumprir suspensão na última rodada da primeira fase e voltar para o primeiro jogo da semifinal. Após a punição, ele deu lugar a Radar.

 

O Jacupa tentou novamente aos 17 minutos. Primeiro Júlio arriscou de fora da área, a bola desviou na defesa do Tricolor e Robinho pegou a sobra, mas bateu mandando longe da trave de Matheus Teixeira. O Leão Grená passou botar mais pressão no adversário, mas sem conseguir passar pela marcação em condições de finalizar. Sem essa penetração, a alternativa eram os chutes de fora da área, que passavam longe da meta do Bahia.

 

Aos 24, o Bahia armou boa trama. Luiz Henrique recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu rasteiro para a defesa de Mota, que estava bem posicionado. Três minutos depois, o Jacupa respondeu com bola na trave. Railan recebeu e finalizou forte, mas a redonda explodiu no poste esquerdo de Matheus Teixeira.

 

Aos 29 minutos, Rezende saiu no carrinho médico para a entrada de Lucas Mugni. O técnico Guto Ferreira aproveitou e fez outra substituição colocando Djalma no lugar de Daniel.

 

Rodallega marca o 4º
Rodallega anotou o quarto gol do Bahia aos. Patrick tocou para Ronaldo, que fez o cruzamento achando o colombiano que bateu de primeira no fundo do gol. Bahia 4x1 Jacuipense

 

Aos 39 minutos, o Tricolor armou boa trama na finalização de Marcelo Ryan. O jovem recebeu na frente, invadindo a área e bateu, mandando a bola na rede pela lado de fora.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia 4x1 Jacuipense
Campeonato Baiano - 8ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 12/03/2022 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista
Assistentes: Edevan de Oliveira Pereira e José Carlos Oliveira dos Santos.

Cartões amarelos: Evandro (Jacuipense)

Gols: Luiz Otávio, Marco Antônio, Patrick, Rodallega (Bahia) / Júlio (Jacuipense)


Bahia: Matheus Teixeira; Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Rezende (Lucas Mugni), Patrick e Daniel (Djalma); Raí (Ronaldo), Marco Antônio (Matheus Bahia) e Rodallega (Marcelo Ryan). Técnico: Guto Ferrreira.

 


Jacuipense: Mota; Railan, Wesley, Cabral e Evandro (Radar); Fábio Bahia (Newton), Vinícius Amaral (Eudair), Danilo Rios e Ruan Levine; Robinho e Jeam (Júlio) (Jeferson). Técnico: Rodrigo Chagas.

Postar um comentário

0 Comentários