Procissão do Fogaréu: Tradição, cultura e fé do povo serrinhense; veja fotos


Cerca de 15 mil pessoas participaram da tradicional Procissão do Fogaréu, que completou 92 anos em 2022. O evento religioso faz parte das celebrações da Semana Santa.


Antes da saída da procissão, foi realizada a Missa dos Lava Pés. Centenas fiéis dentro da Igreja, e milhares do lado de fora acompanharam atentamente. O término estava previsto para 20h, porém atrasou, gerando assim uma mudança inesperada no prosseguimento da caminhada.


Diversos representantes políticos estiveram presentes no evento religioso, entre eles o prefeito de Serrinha, Adriano Lima, o deputado Estadual Osni Cardoso, o pré-candidato ao governo da Bahia, João Roma, além de outros deputados.



Na saída, os fiéis que permaneceram acompanharam os personagens da encenação a Paixão de Cristo. A procissão percorreu diversas ruas e avenidas de Serrinha. Na praça Luiz Nogueira ocorreu o encontro das pessoas que estavam aguardando, e todos seguiram sentido a Colina da Santa.


De origem medieval, a Procissão do Fogaréu remonta a perseguição de Jesus Cristo pelos soldados romanos, representados por 40 farricocos. Em Serrinha a caminhada começa na Catedral Basílica, passando pelas ruas e avenidas da cidade até chegar na Colina da Senhora Santana. A Procissão termina após a encenação da prisão de Cristo.


Há dois anos a Procissão do Fogaréu foi declarada Patrimônio Imaterial Imaterial da Bahia.






Fotos: Ascom


Postar um comentário

0 Comentários