Edylene Ferreira palestra sobre mulher na política em Encontro Nacional dos Legislativos Municipais no Rio de Janeiro

 

Foto: Reprodução

 A vereadora de Serrinha Edylene Ferreira é uma das palestrantes do Encontro Nacional dos Legislativos Municipais, que será realizado no Rio de Janeiro, entre os dias 28 de junho e 1º de julho. Ela vai se apresentar no dia 29 de junho, às 15h, para falar sobre a importância da ampliação da participação das mulheres na política. Segundo ela, as ações para garantir maior participação feminina no poder precisam ser acompanhadas da conscientização da sociedade em geral. 

"Precisamos falar deste assunto para os cidadãos comuns, mas também dentro do próprio cenário político. Todos precisam perceber a força intelectual e de trabalho que as mulheres têm. Mais do que compreender é necessário respeitar e incentivar este movimento de expansão da mulher no poder", defende Edylene, que reitera a gravidade do baixo percentual do público feminino no cenário Político. 

"Pode não parecer, mas isso também tem a ver com democracia. A representatividade de ter mulheres nos espaços de Poder traz sensibilidade e empatia. É importante que todos tenham essa consciência e juntem-se a nós nesta caminhada. Não é razoável que as mulheres sejam a maioria do eleitorado, mas tenham ainda uma representatividade tão baixa na política", destaca Edylene. 

De acordo com pesquisa da União Interparlamentar, quando o assunto é participação feminina na política, o Brasil ocupa a posição 140 no ranking dos 192 países analisados. Com isto, o país fica atrás de todas as nações da América Latina, exceto do Paraguai e do Haiti. Atualmente, as mulheres representam 15%  dos integrantes da Câmara dos Deputados; 12% no Senado Federal; e, a nível municipal, cerca de 900 cidades nem sequer tiveram uma vereadora eleita nas eleições de 2020.

Edylene é presidente licenciada da União dos Vereadores da Bahia (UVB-BA). O encontro será realizado pela UVB nacional e tem o objetivo de fortalecer o poder legislativo municipal, levar qualificação e conhecimento aos parlamentares,  e promover a integração entre as câmara municipais e os vereadores e vereadoras do Brasil.

Postar um comentário

0 Comentários