Polícia Civil incinera maconha apreendida em Araci

 

Droga foi incinerada na fornalha de uma empresa de cerâmica situada às margens da BR-116 - Foto: Reny Maia

  Polícia Civil incinerou, na manhã desta terça-feira (14), 42 tabletes de maconha apreendidos na cidade de Araci (a 35 km de Serrinha), no dia 23 de julho do ano passado.

A destruição dos quase 50 quilos da droga, autorizada pela Justiça, foi realizada pelo Serviço de Inteligência (SI) da Delegacia Territorial (DT/Araci), sob o comando do delegado Hidelbrando Alves.

Também acompanharam o ato de queima representantes do Poder Judiciário, Ministério Público Estadual, OAB-BA, Vigilância Sanitária e Imprensa local.

Repórteres Reny Maia e Dida Negrão, das rádios Continental e Regional - Foto: Reny Maia

Conforme o delegado Hidelbrando Alves, a incineração do carregamento de maconha é relevante em razão da grande quantidade de droga e do alto valor da mercadoria ilícita. O entorpecente foi queimado na fornalha de uma empresa de cerâmica situada no povoado Izabel.

Apreensão - O material que pertencia a três irmãos e estava enterrado nos fundos de uma residência foi apreendido no bairro Guarani, após denúncia de tráfico de drogas no município. O trabalho contou com ajuda de dois cães farejadores da Polícia Militar.

Na operação, também foram apreendidos um revólver calibre 38, 41 munições, 23 trouxas de maconha e uma balança. *Com informações repórter Reny Maia

Postar um comentário

0 Comentários