EXCLUSIVO: Vereadora de Serrinha ganha força para ser vice de ACM Neto


ACM Neto e Edylene Ferreira - Foto: Reprodução Instagram

 Surpresa no cenário da política baiana. A vereadora Edylene Ferreira (Republicanos), de Serrinha, se tornou o nome mais forte para sair como vice de ACM Neto (União Brasil) na campanha para o governo da Bahia, nas eleições de outubro. Antes dela, os nomes de Félix Mendonça Jr. (PDT), Marcelo Nilo (Republicanos), Márcio Marinho (Republicanos) e Ângelo Dourado (PDT) foram cogitados.

A informação, obtida com exclusividade pela equipe de reportagem do Varela Net, foi passada por uma pessoa ligada diretamente à cúpula da equipe que integra o comitê de campanha do ex-prefeito de Salvador ACM Neto.

Edylene Ferreira, de 43 anos, é pré-candidata a Deputada Estadual e está no seu terceiro mandato como vereadora. Além disso, ela é presidente licenciada da União dos Vereadores do Brasil na Bahia (UVB-BA).

De acordo com a fonte, que pediu para não ter o nome divulgado, o nome de Edylene ganhou ainda mais força por ela não ter problemas políticos, por não ter o nome envolvido em nenhuma polêmica e, principalmente, por ACM Neto dar preferência a ter um nome feminino como vice da sua chapa.

No mês de maio, em evento na cidade de Araci, no interior da Bahia, Cacá Leão (PP), pré-candidato ao Senado, e ACM Neto rasgaram elogios a Edylene Ferreira. 

"Que coisa bacana a gente poder pensar numa pré-candidata trabalhadora, que conhece a Bahia toda, já visitou os 417 municípios, e tem um trabalho de referência na União dos Vereadores da Bahia e também em Serrinha. Acredito que ela está pronta para ocupar qualquer espaço na administração pública", falou Neto.

"A política precisa de pessoas comprometidas e nós estamos unidos com o objetivo de fazer mais pela Bahia. Ao nosso lado temos pessoas como Edylene, que representa essa vontade de trabalhar, de renovação, conhece a Bahia e é uma mulher que representa o empoderamento feminino nos espaços de poder e decisão", destacou Cacá Leão.

Quem é Edylene Ferreira

A vereadora é casada, mãe de três filhos, graduada em Relações Públicas e Direito, com especialização em Direito Público e Ciências Penais. Natural de Serrinha, Edylene iniciou sua carreira política em 2012, sendo a mulher mais votada da história do município e primeira a presidir o Legislativo, em 2016 ela foi reeleita.

Em 2017, foi eleita presidente da União das Câmaras e Vereadores do Estado da Bahia. No ano de 2018, Edylene candidatou-se a deputada estadual, conquistando quase 22 mil votos, ficando na posição de suplente.

Já em 2020, foi reeleita vereadora do município de Serrinha e também foi reeleita presidente da UVB Bahia e assumiu como presidente do Fórum Nacional da Mulher Parlamentar, licenciando-se neste ano para disputar as eleições como pré-candidata a deputada estadual.

Postar um comentário

0 Comentários