Reunião com o prefeito Marcelo Araújo teve como foco discutir o andamento da gestão. Não colocou ‘o time em campo’



O áudio gravado pelo prefeito de Conceição do Coité, Marcelo Araújo (União Brasil) que fez com objetivo de circular em grupos dos servidores públicos municipais na última quarta-feira, 10, de modo especial direcionado aos secretários, diretores e vices, servidores nomeados e comissionados, cuja convocação muito rigorosa dizendo não aceitar desculpas, que pedia uma lista impressa com todos os nomes para ‘fazer uma chamada’ repercutiu negativamente e foi assunto em redes sociais, principalmente por opositores que classificaram o prefeito como autoritário e deixando a entender que ele queria envolver os servidores na campanha política, já que disse no áudio que precisava colocar o ‘time em campo’, (relembre).

O objetivo do prefeito foi alcançado, reuniu centenas de servidores, talvez ainda maior que o esperado, mas segundo uma fonte informou ao Calila Notícias o assunto eleições passou longe e a discussão girou em torno da gestão que vem sendo bastante criticada e vários setores e ele cobrou maior empenho e zelo pelas pessoas.

De acordo com Araújo a convocação se deu depois que recebeu uma pesquisa de avaliação de seu governo que no setor de infraestrutura e obras está bem avaliada, mas quando o assunto é relacionado o atendimento as pessoas a insatisfação é muito grande. Ele deixou claro que as pessoas devem ser atendidas com carinho, com respeito, mas em muito setores tem sido o contrário e ele próprio tem recebido reclamação da falta de respeito e de comprometimento de muitos servidores e chegou a sugerir que, caso esteja insatisfeito que peça pra sair.

Sobre articulação politica Marcelo disse que precisa de apoio de presidente, de governador, de deputados, mas aquele momento era apenas para tratar do Governo municipal.

Para alguns opositores, o prefeito podia até ter em pauta discutir a gestão, mas tinha também a intenção de tratar do apoio politico aos que ele defende e diante da repercussão ele optou por deixar essa segunda parte de fora, o que retarda a “colocação do time em campo”.

Postar um comentário

0 Comentários