Embasa flagra ligações clandestinas de água em Riachão do Jacuípe

De acordo com o gerente local da Embasa em Riachão do Jacuípe, Alfio Pinto, estima-se que as fraudes estavam instaladas há mais de dois anos e cada imóvel pode ter desviado cerca de 240 mil litros de água


Uma operação da Embasa flagrou na última semana, em Riachão do Jacuípe, 10 ligações clandestinas de água no Loteamento São Joaquim, bairro Bela Vista. As irregularidades, popularmente conhecidas como “gatos” foram retiradas e uma rede de abastecimento regular implantada no local. Há previsão de que outras operações como esta sejam realizadas no bairro para identificar possíveis fraudes e desvios de água.

De acordo com o gerente local da Embasa em Riachão do Jacuípe, Alfio Pinto, estima-se que as fraudes estavam instaladas há mais de dois anos e cada imóvel pode ter desviado cerca de 240 mil litros de água. “Os moradores podem manter contato com a Embasa e solicitar suas ligações regulares que serão atendidos. Nossa intenção é regularizar a situação dos imóveis”, pontua o gerente.

A fraude prejudica toda a população. Quem comete o crime não se preocupa com o desperdício, utilizando a água de forma irracional, pois acredita que não irá pagar pelo consumo. “As vistorias vão continuar para inibir esta prática criminosa. A população pode contribuir denunciando de forma anônima pelos nossos canais de atendimento”, finaliza Alfio.

Crime - Qualquer intervenção no hidrômetro e na rede da Embasa com o intuito de furtar água é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas na legislação vigente. O usuário que estiver nessa situação deve procurar um ponto de atendimento da empresa e regularizar sua ligação, evitando problemas com a polícia e multas. A população pode denunciar sigilosamente as situações de fraude pelo 0800 0555 195. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embasa

Postar um comentário

0 Comentários