Funcionários de empresa terceirizada da Embasa paralisam atividades em Coité


Não dá pra segurar, a gente sem receber não paga e se não pagar nosso crédito é cortado, foi o único jeito que a gente encontrou para tentar receber nosso vencimentos”, afirmou um dos funcionários da MS Construtora, empresa terceirizada prestadora de serviços a Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa.

De acordo com o funcionário que preferiu não se identificar são 45 dias sem receber salários, e havia uma promessa de que seria depositado na tarde de ontem, 15. “Hoje fui ao banco e tirei o extrato e vi que estava zerado, então, em comum acordo com os demais colegas, resolvemos paralisar os serviços por tempo indeterminado”.
Os trabalhadores paralisados são mais de 30, todos da empresa e que atuam nos serviços de ligação e cortes, vazamentos, leitura e entrega de contas, manobras de abastecimentos entre outras atividades. O serviço de atendimento ao consumidor também está afetado com apenas uma pessoa, que muitas vezes precisa responder algo relacionado ao terceirizados.
O Calila Notícias foi informado pelo mesmo funcionário que além de Coité, os serviços estão paralisados também em Riachão, Araci e São Domingos, e a tendencia é que Serrinha também pare até amanhã.
O Calila Noticias não teve acesso ao contato da empresa, mas vai em busca para tentar ouvir o posicionamento da mesma.