Otto relata convivência com Irmã Dulce e diz 'não misturar política com religião'

Otto relata convivência com Irmã Dulce e diz 'não misturar política com religião'
Foto: Joilson César / Ag. Haack / Bahia Notícias
Presente na cerimônia em comemoração pela canonização de Irmã Dulce neste domingo (20), o senador Otto Alencar (PSD) disse que “não mistura política com religião”, quando perguntado se estava presente na solenidade para se promover politicamente. Ele relata que teve convivência próxima com a santa.

“Eu nunca andei proclamando que trabalhei por lá, que convivi com ela. Dez dias antes da morte dela, estive no hospital, conversei muito com ela. Não tenho nenhuma pretensão de misturar as coisas, até porque não tenho candidatura. Tenho meu mandato. Não é meu caso”, afirmou à imprensa.

“Eu fui candidato a deputado estadual em 1986. Ela estava viva. Eu trabalhava por lá. Em 1990, eu não pedi voto a ela e tampouco ela me apoiou. Pode ter certeza que não misturei as coisas. Não misturo politica com religião, com futebol...”, acrescentou.