Chefe do tráfico morre após troca de tiros com a CIPE/Nordeste em Tucano




Um homem suspeito de chefiar o tráfico de drogas no bairro do Cruzeiro, em Tucano, morreu após uma troca de tiros com a polícia, na noite deste sábado (16). O suspeito, conhecido pelo vulgo de "Cheiroso", estava em uma moto junto com um comparsa e fugiu ao perceber a chegada de uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste).

Durante a fuga, a dupla de traficantes atirou contra os policiais e Cheiroso acabou sendo baleado. O suspeito foi levado para o Hospital Municipal Mariana Penedo, mas não resistiu aos ferimentos. O comparsa dele conseguiu fugir.

Um revólver de calibre 32 com três munições deflagradas e uma picotada, três papelotes de cocaína e 108 dolões de maconha foram encontrados com o criminoso que, ainda segundo apurou a reportagem, é apontado como autor de homicídios e roubos em Tucano e região.

A equipe da CIPE/Nordeste chegou até o bandido durante fiscalização de rotina realizada por volta das 20h15. A arma e o material apreendido serão periciados no DPT (Departamento de Polícia Técnica) de Euclides da Cunha.