Sindicato dos Vigilantes mantém greve, mas suspende reuniões, passeatas e visitas a postos

Sindicato dos Vigilantes mantém greve, mas suspende reuniões, passeatas e visitas a postos
Foto: Reprodução/G1
Os organizadores da greve do vigilantes na Bahia decidiram, nesta quarta-feira (18), interromper as atividades relacionadas ao movimento, como reuniões, manifestações, assembleias, passeatas, visitas a postos, entre outros. Contudo, a ação grevista continua ativa e os trabalhadores foram orientados a permanecerem em casa.  

Na manhã de hoje, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Bahia (OAB-BA), Fabrício Castro, havia feito o pedido de suspensão das atividades ao Sindicato dos Vigilantes (veja aqui). 

A decisão atende aos decretos e ações de combate à proliferação do coronavírus que, proíbe, entre outras ações, a aglomerações com mais 50 pessoas. O comunicado á categoria é assinado pelo Sindvigilantes-BA, Sindmetropolitano, SVItabuna, e Sindvigilantes-Feira a organização.