Bolsonaro ameaça integrantes do governo que 'viraram estrelas': 'Vai chegar a hora deles'

Bolsonaro ameaça  integrantes do governo que 'viraram estrelas': 'Vai chegar a hora deles'
Foto: Reprodução / Facebook
Incomodado com seu papel de menor protagonismo no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro lançou indiretas e ameaçou os integrantes do governo que segundo ele “viraram estrelas”, neste domingo (5). A informação é da Folha de S. Paulo.

"Algumas pessoas no meu governo algo subiu a cabeça deles. Eram pessoas normais mas de repente viraram estrelas, falam pelos cotovelos, tem provocações. A hora deles não chegou ainda não. Vai chegar a hora deles. E a minha caneta funciona. Não tenho medo de usar a caneta, nem pavor. E ela vai ser usada para o bem do Brasil. Não é para o meu bem. Nada pessoal meu", disse o presidente e ao grupo de religiosos que se aglomerou próximo ao Palácio da Alvorada, após ele convocar os brasileiros para um jejum contra a Covid-19.


Mesmo sem ter citado nomes, o possível destinatário do recado é o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que vem defendendo as políticas de isolamento social para combater a pandemia, diferente do que tem apregoado Bolsonaro. Além das falas que são de encontro ao que propõe o chefe, outro motivo pode ter aumentado o clima de tensão no governo. Recentes pesquisas apontam que o ministro e os governadores têm melhores aprovações na condução da pandemia que o próprio presidente.