Prefeitura de Serrinha autoriza funcionamento de alguns setores do comércio a partir desta quarta-feira (22)




A Prefeitura de Serrinha publicou um decreto nesta terça-feira (21) em que estabelece um isolamento seletivo que permite a reabertura gradual dos comércios na cidade (veja detalhes abaixo). Com restrições, os serviços de óticas, lojas de calçados e confecções, salões de beleza, lojas de móveis e eletrodomésticos, barbearias, lojas de informática e tantas outras poderão funcionar a partir desta quarta-feira (22).


"Agente entende que o comércio está passando por uma grande dificuldade, mas nós temos que acompanhar de perto. Já que nós temos dez dias do último caso notificado como positivo, estamos fazendo essa flexibilização. Mas a qualquer momento pode ser feita qualquer outra intervenção que seja necessária, a partir de coisas que possam evoluir na nossa cidade de uma forma negativa", disse o prefeito.

Entre as exigências para o funcionamento está a obrigatoriedade do uso de máscaras pelo consumidor. Também é obrigatório que todos os funcionários de empresas façam uso da máscara, cabendo ao proprietário do estabelecimento fiscalizar o uso por parte do cliente.

Essas novas restrições também valem para estabelecimentos que já estão autorizados a funcionar, como supermercados, padarias, farmácias, bancos, lotéricas e correspondentes bancários. Nesses locais, será permitida a permanência de uma pessoa por 9 m² de área útil dentro do estabelecimento.




As igrejas e templos religiosos estão autorizados a celebrar cultos, missas e outras cerimônias com o número máximo de 30 pessoas, com o devido distanciamento entre as pessoas e disponibilização de produtos para a higienização das mãos.

De acordo com o apurado pelo PCS, a flexibilização de funcionamento destes setores segue diretrizes do Ministério da Saúde, para se fazer a transição do distanciamento social ampliado para distanciamento social seletivo, em que apenas os grupos de maior risco ficam isolados, como idosos, pessoas com doenças crônicas e imunodeprimidos, por exemplo.

O decreto ressaltou que bares, restaurantes e lanchonetes (exceto aqueles que funcionam em postos de combustíveis às margens das rodovias), academias, clubes recreativos e esportivos, casas de eventos, clínicas odontológicas e de fisioterapia (salvo para atendimentos de urgência e emergência), assim como instituições de ensino, continuam fechados.

Regras gerais de abertura:

– Uso obrigatório de máscaras por todos os funcionários do estabelecimento

– Atendimento e permanência dos clientes dentro dos estabelecimentos somente daqueles que estejam fazendo o uso de máscara

– Higienização constante do estabelecimento, inclusive de objetos que sejam manuseados e utilizados pelos clientes e funcionários

– Fornecimento de álcool gel 70% ou álcool líquido 70% para todos os funcionários e clientes que adentrem o estabelecimento

– Os comércios/lojas que durante o atendimento aos clientes formarem filas, inclusive bancos, casas lotéricas e correspondentes bancários, ficam obrigados a criarem medidas de segurança de forma a garantir uma distância mínima de um metro entre os clientes, inclusive nas filas que se formarem na parte externa do estabelecimento, e com sinalização da distância estabelecida para cada cliente

De acordo com a prefeitura, o não atendimento às determinações acarretará na suspensão ou cassação do alvará do comerciante e multa.

Até a noite desta segunda-feira (20), a cidade tinha 4 casos confirmados de Covid-19, 7 suspeitos e 79 descartados.