Serrinha adota Toque de Recolher para conter a proliferação do coronavírus



O número de casos positivos de Coronavírus em Serrinha aumentou muito desde que a Prefeitura começou a realizar os testes rápidos, no dia 20 de maio. Desde então, houve um crescimento de mais de 800% em menos de 15 dias. No dia 19 de maio a cidade contabilizava apena nove casos da Covid-19. Em 2 de junho já são 79 casos positivos e dois óbitos. Esse crescimento vertiginoso levou o prefeito Adriano Lima a adotar medidas mais enérgicas com novo fechamento do comércio - até 14 de junho – e a adoção, a partir desta quarta-feira (03.06), do Toque de Recolher.,;~][


[


“Estamos fazendo a nossa parte, mas se a população não fizer a dela vão continuar aparecendo mais casos positivos na nossa cidade. A única forma de impedir que o vírus se espalhe ainda mais é através do isolamento social e, para isso, precisamos da colaboração de todos”, afirma o prefeito. A população aderiu ao uso de máscaras, mas isso não é suficiente, como lembra o secretário de Saúde, Alexandre Tahim: “O uso de máscaras é muito importante, mas o isolamento social é fundamental. Não adianta colocar máscaras e ficar indo pra rua o tempo inteiro e se meter em aglomerações”, ressalta o secretário.

Durante a semana, o Toque de Recolher, vai acontecer de segunda a sexta-feira das 20h às 05h e sábados e domingos das 18h às 05h. Isso significa que durante esse horário as pessoas devem permanecer em casa e ninguém poderá circular pelas ruas da cidade, a não ser em casos de emergência para ter acesso a serviços de saúde. Quem descumprir o decreto poderá ser conduzido para a delegacia e, se for o caso, ter o veículo apreendido. A Polícia Militar vai circular pelas ruas de Serrinha para garantir o cumprimento do decreto.

Mesmo os serviços essenciais que podem funcionar durante o dia terão de seguir o toque de recolher e parar de funcionar as 20h. Somente as farmácias poderão ficar abertas durante a noite. Vale lembrar que o posto Luis Eduardo vai permanecer funcionando no horário noturno, das 18h às 22h, para atender, exclusivamente, pessoas com sintomas de gripe.