Dexametasona e outros corticoides reduzem mortes por Covid-19, mostram estudos

 



Pesquisas evidenciam que tratar pacientes da Covid-19 com efeitos graves com um grupo de corticoides tem reduzido as chances de morte. Por isso, a pesquisadora da Organização Mundial da Saúde (OMS), Janet Diaz, anunciou, nesta quarta-feira (2), que a entidade recomenda o uso desses medicamentos. De acordo com a coluna de Jamil Chade, no UOL, estão entre os produtos testados doses reduzidas de hidrocortisona, dexametasona e metilprednisolona.

 Esses remédios são benéficos independentemente de faixa etária e sexo. A média é que nove vidas são salvas a cada cem pacientes com sintomas graves da doença. Os testes foram feitos no Brasil, Reino Unido, Canadá, China e Estados Unidos. Janet Diaz lembrou ainda que os corticoides são normalmente baratos e estão disponíveis de forma ampla. Ainda assim, ela alerta que pessoas sem sintomas graves não devem fazer uso desses medicamentos, já que estarão submetidos à possibilidade de efeitos colaterais negativos.