Operação da PF combate fraudes ao auxílio emergencial na Bahia e mais 13 estados

 


A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (10) operação contra suspeitos de fraudes no recebimento do auxílio emergencial. 

De acordo com a PF, 42 mandados de busca e apreensão, sete de prisão e 13 mandados de sequestro de bens são cumpridos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba, Espírito Santo, Bahia, Santa Catarina, Tocantins, Paraná, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Maranhão, Piauí e Mato Grosso do Sul. 

Foi determinado o bloqueio de valores de até R$ 650 mil, em diversas contas que receberam benefícios fraudados. Conforme a PF, essa é a maior operação no combate às fraudes ao programa assistencial criado pelo governo federal como forma de combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus. 

Por conta da investigação, segundo a PF, já foram bloqueados ou cancelados os cadastramentos de mais de 3,82 milhões de pedidos irregulares, impediu o saque indevido de R$ 2,3 bilhões.