COITÉ: Comerciante é perseguido, sofre acidente, finge estar morto e bandido pega dinheiro em seu bolso

 


O comerciante Antônio Pedro Costa, 60 anos, conhecido por “Pedrinho de Agenário” morador da região da Fazenda Laranjeiras, região do Distrito Aroeira, município de Conceição do Coité passou por momentos de aflição na noite de domingo, 21, após ser perseguido quando pilotava sua moto entre Caximbo povoado de Ichu e Vila Cruzeiro – Aroeira por volta das 19h.

Pedrinho tinha ido acertar um serviço de pintura do seu carro em Caximbo e quando deixou a comunidade passou a ser perseguido por indivíduos também a bordo de motocicleta e durante a perseguição fizeram três disparos de arma de fogo em sua direção, momento que ele perdeu o controle da motocicleta e foi de encontro a uma cerca de arame farpado, tendo quebrado cinco fios e parou dentro de uma fazenda.

Antônio disse posteriormente a Polícia Militar que ficou deitado no local e consciente, porém fingiu estar morto, viu os criminosos parar a moto e um deles foi até onde estava, colocou a mão no seu bolso e subtraiu a quantia de R$ 700, porém não levou o celular.

Contou também que ao perceber a saída dos criminosos saiu correndo por dentro da fazenda até chegar na residência de um homem conhecido como Antônio da Ilha que pegou seu carro e levou para o Hospital Português- Unidade Regional de Coité onde deu entrada com escoriações pelo corpo em consequência da queda enquanto fugia dos criminosos.

Pedrinho de Agenário tem o hábito de andar com dinheiro, pois, é comerciante da compra e venda de gado e também atua como magarefe, além de ter um mercadinho na Vila do Cruzeiro na região de Aroeira, segundo ele já foi assaltado no mercadinho.

Até por volta das 22h enquanto o CN acompanhou o caso, Antônio Pedro Costa permanecia em observação no HP e uma filha disse que talvez não precisasse ser transferido.