Serra Preta – Três de uma mesma família morrem por complicações da Covid-19 em cerca de 30 dias


Informação de morte de um ente querido dentro de uma família em consequência da Covid-19 é muito ruim, e quando três morrem no espaço de aproximadamente 30 dias da mesma doença?

O sentimento de tristeza não afeta apenas uma família, mas toda população de Descanso, cuja comunidade fica as margens da BA 120, trecho que liga Riachão do Jacuípe a Serra Preta, municípios da Bacia do Jacuípe.

Em contato com a Brigada Voluntaria Anjos Jacuipenses o Calila Notícias foi informado que Descanso, mesmo pertencendo a Serra Preta tem se deslocado constantemente de Riachão até a referida comunidade que fica praticamente no limite municipal para socorrer pacientes com sintomas da Covid-19 e são levados para Riachão do Jacuípe de onde muitas deles são transferidos para outras unidades de referência.

De acordo com Lucival Souza coordenador da Brigada Anjos Jacuipenses a última vítima fatal que faleceu entre a noite de sexta-feira e madrugada deste sábado, 06, é tia de dois socorristas.”Lá está um surto grande de covid-19, muita gente apresentado sintomas, casos suspeitos e estas três mortes confirmadas”, disse Lucival que acrescentou que ouve lamentações dos moradores por falta de uma melhor assistência por parte da Prefeitura de Serra Preta que fica apenas 20km do Descanso.

O boletim epidemiológico de Serra Preta publicado na noite de sexta-feira, 05, mostra que desde o começo da pandemia foram confirmados 398 casos positivos, destes, 366 estão recuperados e 14 morreram uma taxa de letalidade de 3,52%. Vale lembrar que a taxa do estado da Bahia é 1,75%.