Autistas são incluídos como prioridade na vacinação contra a Covid-19 na Bahia

 


O vice-presidente da Associação de Amigos do Autista da Bahia (AMA-BA), Leonardo Martinez, divulgou, na noite desta quinta-feira (22), que os autistas terão prioridade na fila de vacinação contra a Covid-19 na Bahia. A informação foi confirmada nesta sexta (23) pelo secretário da Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas. Autistas com grau mais elevado do transtorno serão incluídos de imediato.

 Pessoas com hiperreatividade ou hiporreatividade sensorial – características do autismo mais severo – não utilizam máscara de proteção facial de maneira adequada, por causa de questões comportamentais e cognitivas. Isso aumenta o risco de infecção pelo coronavírus e, mais tarde, o tratamento. A alta demanda de vacinas e a baixa oferta de doses no Brasil, até agora, é uma preocupação do governo estadual. Além disso, a existência de outros grupos prioritários também dificulta o processo de inclusão de todos os autistas imediatamente. “O correto seriam todas as pessoas com autismo. Porém, será um grande avanço a inclusão imediata dos autistas moderados, severos, além dos que possuem distúrbios sensoriais. Estes, de fato, são os mais vulneráveis e que sofrem maior risco”, ponderou Leonardo Martinez, em entrevista.

 Na última terça-feira (20), o vice-presidente da AMA-BA se reuniu com Vilas-Boas para apresentar o parecer técnico, elaborado por profissionais da saúde, que demonstrava a necessidade da inclusão de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) na prioridade para a vacinação. O secretário se sensibilizou com a questão.