Com estiagem, Teofilândia e Ibotirama têm decretos de emergência reconhecidos

 

Com estiagem, Teofilândia e Ibotirama têm decretos de emergência reconhecidos
Foto: Reprodução / Consolide sua Marca

Os municípios de Teofilândia, na região sisaleira, e Ibotirama, na região do Velho Chico, Oeste baiano, tiveram decretos de emergência reconhecidos nesta quarta-feira (19). A medida vale por 180 dias nas duas cidades. Em Teofilândia vigora a partir de 6 de abril, quando o decreto foi homologado pela prefeitura; e em 10 de maio em Ibotirama, quando a condição foi estabelecida pela gestão local.

 

Para justificar a medida, a prefeitura de Teofilândia informou que as altas temperaturas registradas no município exauriram as reservas de água para consumo humano e animal, o que influenciou “o aumento de incêndios nas matas nativas, destruindo as matas ciliares, pastagens”.

 

O fato também teria causado maior demanda por abastecimento de água potável via carro pipa. No caso de Ibotirama, a prefeitura disse que a escassez de chuvas entre os anos de 2012 e 2021 provocou redução das reservas hídricas, sobretudo à população rural que não depende do serviço da Embasa.