ButanVac já busca voluntários para testes; Anvisa diz aguardar documentações

 

ButanVac já busca voluntários para testes; Anvisa diz aguardar documentações
Foto: Reprodução / Reuters

O Instituto Butantan e o Hospital das Clínicas da USP de Ribeirão Preto abriram, na noite desta quinta-feira (1º), cadastro para voluntários da ButanVac, vacina brasileira produzida em parceria pelos dois institutos,  após a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), do Ministério da Saúde, autorizar o início da pesquisa.

Os estudos iniciais serão feitos em Ribeirão Preto e os voluntários devem se cadastrar por meio de um formulário no site do Butantan. Conforme divulgou o portal G1, esta é a etapa A da fase 1 dos estudos clínicos do imunizante. No entanto, ainda não há data certa para que ela tenha início, porque o Butantan aguarda uma aprovação final da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Estimava-se que a ButanVac já estivesse testada e aprovada pelas agências regulatórias em julho de 2021. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Santinária (Anvisa), o protocolo de pesquisa clínica da vacina foi aprovado, mas aponta que faltam dados específicos para começar os testes em humanos. Uma das principais informações solicitadas pela agência é a confirmação de que os vírus adotados como vetores na ButanVac foram efetivamente inativados.

Já o Instituto Butantan afirma que está trabalhando para entregar todos os detalhes solicitados sobre o imunizante à agência no período mais rápido possível para que, a partir daí, os estudos clínicos tenham início.