Pesquisa reforça tendência de polarização entre Lula e Bolsonaro em 2022

 

O novo levantamento da Paraná Pesquisas divulgado nesta quinta-feira, 29, aponta para um cenário fortemente polarizado nas eleições de 2022, em uma disputa acirrada entre o ex-presidente Lula e o atual, Jair Bolsonaro. No segundo turno, conforme a pesquisa, Lula venceria Bolsonaro por 43,4% dos votos contra 38,2%. Como novidade, surge na pesquisa o apresentador José Luiz Datena como terceiro colocado, na frente de nomes considerados como apostas para a "terceira via", como Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Em todos os sete cenários compostos pelo instituto, Lula aparece na liderança, mas na maior parte deles a briga é apertada. Um deles mostra o petista com 33,7% das intenções de voto e Bolsonaro com 32,7%. Recém-filiado ao PSL, Datena aparece logo atrás com 7%, praticamente empatado com o pedetista Ciro Gomes, que tem 6,85%. Mais atrás vem Doria, com 3,95%, o ex-ministro da Saúde, Mandetta, com 1,8%, e a senadora Simone Tebet, com 0,7%. Pretendido pelo PSD, Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, tem 0,6% das intenções de voto.  

Somente com Lula e Datena na disputa, ex-presidente venceria com mais folga: 43,1% a 31,5%. O apresentador também perderia para Bolsonaro, mas com uma margem abaixo de 3 pontos percentuais - 38,4% votariam em Bolsonaro enquanto 35,5% em Datena. Foram ouvidos 2.010 eleitores brasileiros de 26 estados e o Distrito Federal entre os dias 24 e 28 de julho de 2021. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. 

Postar um comentário

0 Comentários