Bahia registra 673 casos de H3N2 e 8 óbitos pela doença

 

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) informou nesta terça-feira (28) que o estado registrou 673 casos de Síndrome Gripal (SG) com laudo positivo para Influenza A H3N2 e oito mortes ocasionadas pela doença. 

De acordo com o boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), 114 casos evoluíram para síndrome respiratória aguda grave e necessitaram de hospitalização. Dos óbitos, sete ocorreram em Salvador e um no município de Laje. Segundo a Sesab, a maior letalidade foi observada na faixa etária igual ou maior a 80 anos, com registro de seis óbitos. Os outros dois foram nas faixas de 60 a 69 anos e de 70 a 79 anos. Apenas um óbito não apresenta informações acerca da presença de comorbidades.

Postar um comentário

0 Comentários