Homicida que decapitava vítimas, filmava e divulgava os crimes morre em troca de tiros com a PM em Santa Bárbara

 


Autor de diversos homicídios e responsável por divulgar imagens e vídeos dos crimes cometidos nas redes sociais, Kennedy Wanderson Santos de Jesus, vulgo "Neguinho", foi morto nesta nesta terça-feira (14) após troca de tiros com guarnições da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 16º BPM e Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste).

Kennedy, apontado pela polícia como um dos homicidas mais perigosos da região de Feira de Santana e já conhecido pela população pelo seu grau de periculosidade, foi encontrado na Rua Joana Angélica, no centro da cidade de Santa Bárbara, a 35 km de Serrinha. Ao avistar o cerco das guarnições, o criminoso atirou contra as equipes e, durante o revide foi atingido. Mesmo socorrido para o Hospital Antônio Alves Mascarenhas, em Santa Bárbara, não resistiu aos ferimentos.

Segundo apurou a reportagem do Portal Cleriston Silva - PCS, com ele foi encontrado um revólver calibre 38 com capacidade para seis tiros, com munições deflagradas. "Ele era procurado e investigado há muito tempo, executava rivais e divulgava vídeos dos homicídios. Um criminoso perigosíssimo. Inclusive, um desses vídeos nos ajudou a identificá-lo. Ele era um dos cabeças de uma facção criminosa", declarou uma fonte.

O criminoso atirava primeiro nas vítimas e depois as decapitava com uma facão. O Portal Cleriston Silva teve acesso aos vídeos. Ele também tinha envolvimento com o tráfico de drogas e com roubos. O caso foi registrado na Delegacia Territorial (DT/Santa Bárbara).

Postar um comentário

0 Comentários