Surto de gripe: Bahia confirma primeiro óbito por H3N2

 


 Morreu na Bahia a primeira vítima do vírus H3N2, cepa do vírus da influenza A. A vítima é uma mulher de 80 anos, moradora de Salvador, e que não estava vacinada contra a doença. A informação foi confirmada ao jornal O Globo.

Segundo o último balanço da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, até essa terça-feira (14/12) a Bahia registrou 93 casos de gripe causados pelo H3N2.. Destes, 15 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram hospitalização.

Segundo o último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica Estadual, dos casos que necessitaram de internação, 14 são residentes em Salvador e 1 na cidade de Lauro de Freitas, com idades entre 9 e 85 anos.

Em relação ao município de residência dos casos de Síndrome Gripal, 74 são de Salvador, 5 de São Sebastião do Passé, 3 de Catu, 2 de Itapebi e 1 de cada um dos seguintes municípios: Alagoinhas, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Lauro de Freitas, Macajuba e Vitória da Conquista. Dois casos são oriundos de outro estado.

Segundo o alerta emitido pela Vigilância Epidemiológica Estadual, as equipes de saúde devem estar atentas para a necessidade de intensificação das ações de vigilância dos casos suspeitos de SRAG.

Postar um comentário

0 Comentários