Com gol sofrido no final, Bahia perde para o Sport na Fonte pela Copa do Nordeste

 


Com gol sofrido no final, Bahia perde para o Sport na Fonte pela Copa do Nordeste

Com gol sofrido aos 47 minutos do segundo tempo, o Bahia perdeu para o Sport na Arena Fonte Nova, neste sábado (5), pela Copa do Nordeste, por 3 a 2. 

 

Rodrigão foi o autor do tento que sacramentou a derrota Tricolor, que chegou a estar vencendo por 2 a 1 na etapa final.

 

O Esquadrão segue, momentaneamente, no G-4 da competição, mas aguarda o resultado da partida do Náutico contra o Sergipe, neste domingo (6), no estádio dos Aflitos. Caso o Timbu vença, a equipe comandada por Guto Ferreira deixa a zona de classificação para a próxima fase. 

 

O próximo compromisso do Bahia é pelo Campeonato Baiano. No sábado (12), a equipe enfrenta o Jacuipense, às 16h, na Fonte Nova, pela oitava rodada do estadual, buscando afastar-se da zona de rebaixamento. 

 

A SINA DE HUGUITO

O Bahia começou em cima, e aos 9 minutos Rodallega teve a primeira grande chance. Após bela jogada entre Raí e Daniel, o colombiano recebeu dentro da área e arriscou de primeira, obrigadno Mailson a fazer grande defesa. 

 

O Sport respondeu no minuto seguinte. Lucas Hernández mandou uma bomba de fora da área e a bola explodiu na trave esquerda de Matheus Teixeira. 

 

Aos 21 minutos, Mailson voltou a parar Rodallega. O centroavante do Bahia recebeu novamente dentro da área, ajeitou e chutou forte, mas o goleiro do Sport conseguiu evitar o gol com o pé direito. 

 

E a sina continuou. Aos 25 minutos, Huguito saiu na cara do gol, após passe de letra de Raí, mas Mailson saiu com maestria e encaixou o chute do colombiano. 

 

Durante o primeiro tempo, o atacante Jaderson, do Leão da Ilha, sofreu um choque de cabeça com William Maranhão. Ele não conseguiu permanecer em campo e foi encaminhado para o hospital, com suspeita de concussão, mas passa bem. 

 

Rodallega teve outra chance, aos 37 minutos, mas dessa vez não tão clara. Luiz Henrique cruzou e o atacante cabeceou, sem força, nas mãos de Mailson. 

 

Aos 39, foi a vez de Douglas Borel levar perigo. O lateral-direito recebeu livre de Raí na direita e chutou cruzado, forte. A bola passou perto da trave direita do goleiro. 

 

No entanto, apesar da pressão do Bahia, foi o Sport que abriu o placar, no minuto seguinte. Leandro Naresi encontrou Luciano Juba que, da entrada da área, mandou uma bomba no canto esquerdo de Matheus Teixeira, que não alcançou. 

 

Matheus Teixeira foi vaiado pelos gols sofridos neste sábado | Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

Aos 42, Cristiano quase ampliou. O atacante avançou pela direita e chutou cruzado, mas Matheus Teixeira dessa vez estava lá para defender. 

 

O Bahia ainda teve uma última chance na etapa inicial, aos 47 minutos. Ignácio arriscou de muito longe, a bola desviou e pegou no travessão de Mailson. 

 

GOL MATADOR

A etapa final começou repetindo a receita da inicial: Bahia em cima. Logo aos sete minutos, Raí recebeu falta rápida de Lucas Mugni e finalizou forte para a defesa de Mailson. O arqueiro do Sport trabalhou novamente na sequência, quando o próprio Mugni tentou um gol olímpico. 

 

Não demorou muito para o Tricolor empatar. Aos 9, Douglas Borel encontrou Raí na grande área e o atacante finalizou de primeira, dessa vez sem chances para Mailson. 

 

Raí marcou o primeiro gol do Bahia | Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

E a virada veio três minutos depois, com ninguém mais ninguém menos que Hugo Rodallega. O artilheiro tricolor recebeu de Daniel na entrada da pequena área e só escorou para, finalmente, superar o goleiro do Sport. 

 

Após perder chances, Rodallega finalmente marcou | Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

 

Mas a alegria do Esquadrão durou pouco. Em contra-ataque rápido, Rodrigão encontrou Pedro Naresi, que desviou dentro da área e empatou a partida, com falha de Matheus Teixeira, aos 15 minutos. 

 

O Sport voltou a assustar aos 25, com falta bem cobrada por Luciano Juba. A bola passou perto da trave esquerda de Teixeira. 

 

Aos 29, Luiz Henrique pegou a sobra do escanteio e, de fora da área, chutou com perigo à meta adversária. Dois minutos depois, Rodallega também tentou, mas mandou por cima. 

 

O gol de Rodrigão, aos 47 minutos, tirou qualquer chance de reação Tricolor. Após cruzamento de Luciano Juba, o centroavante sacramentou a derrota tricolor. 

 

FICHA TÉCNICA
Resultado: Bahia 3 x 2 Sport
Copa do Nordeste - 7ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 05/03/2022 (sábado)
Horário: 17h45
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva (ambos do PI)
Gols: Raí e Rodallega (Bahia) / Luciano Juba e Pedro Naresi (Sport) 
Cartões amarelos: William Maranhão e Matheus Teixeira (Bahia) / Ewerthon, Pedro Naresi e Rodrigão (Sport)

 


Bahia: Matheus Teixeira; Douglas Borel (André), Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Willian Maranhão (Lucas Mugni), Rezende e Daniel (Miqueias); Raí (Ronaldo César), Marco Antônio (Everton) e Rodallega. Técnico: Guto Ferreira.

 


Sport Recife: Maílson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino (Chico) e Lucas Hernández (Fábio Alemão); Ronaldo Henrique, Ítalo (Bruno Matías), Luciano Juba e Pedro Naresi; Jaderson (Cristiano/Vanegas) e Rodrigão. Técnico: César Lucena.

Postar um comentário

0 Comentários