Bahia volta a ter mais de 850 casos ativos de Covid-19, após quase 2 meses


Bahia volta a ter mais de 850 casos ativos de Covid-19, após quase 2 meses
Foto: Reprodução / SESAB

A Bahia voltou a registrar, nesta quarta-feira (1), um quantitativo maior que 850 casos ativos de Covid-19. A marca não era alcançada desde o dia 11 de abril deste ano, quando 883 pessoas estavam com a doença. 

 

Entre terça-feira (31) e quarta (1), 472 novos casos foram identificados e um óbito foi registrado, segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

 

Desde 6 de março de 2020, data em que o primeiro paciente com o coronavírus foi confirmado, 29.939 mortes foram contabilizadas em território baiano por conta de complicações causadas pela infecção.

 

A taxa de ocupação de leitos de UTI adulto exclusivos para a Covid-19 era de 15% nesta quinta-feira (2). As unidades pediátricas, no entanto, apresentavam uma taxa de 78%.

 

'DESFLEXIBILIZAÇÃO' DO USO DE MÁSCARAS
Devido ao aumento de casos, cidades baianas voltaram a ter o uso de máscaras como uma medida obrigatória. Foi o caso de Guanambi, no Sertão Produtivo, que na última terça determinou a cobrança do item em lugares fechados (relembre aqui).

 

De acordo com o decreto, em caso de descumprimento da ordem, serão adotadas medidas de polícia administrativa, que vão desde advertência a suspensão temporária, interdição de estabelecimento ou mesmo cassação de alvará, independentemente de acionamento de força policial.

Postar um comentário

0 Comentários