Criança de 11 anos admite ter sido estuprada pelo padrasto em São Domingos


Um homem está sendo procurado pela Polícia Civil por suspeita de estuprar a própria enteada de 11 anos. O caso aconteceu em dezembro de 2021 no município de São Domingos, a 72 km de Serrinha, mas veio à tona no sábado (16) após Altemar Martins Silva começar a discutir com a esposa na casa onde viviam.

Durante a briga, a menina confessou o crime. "No meio da discussão, a criança falou com a mãe que estava sendo abusada [...] Pelo que fiquei sabendo, houve penetração. A família não suspeitava dele. Ele nos dizia que a tratava como se fosse filha. Me deu um ódio quando recebi essa notícia", disse a tia da menina, de prenome Ana.

Ainda segundo ela, outros familiares da menina chegaram a agredir Altemar após o crime ser exposto, mas ele conseguiu fugir. A criança foi ouvida na manhã desta segunda-feira (18) na Delegacia Territorial de São Domingos.

Na unidade policial, a vítima ainda detalhou que um dos estupros chegou a ser flagrado pelo seu irmão, de 14 anos, que abriu a porta do quarto no momento do estupro, mas os dois foram ameaçados.

"A família está nervosa e eu clamo por Justiça. Meu neto está com medo e ninguém tem notícias do suspeito [...] Minha neta falou várias vezes em morrer e não estávamos entendendo. A menina não aguentou mais ver a mãe ser agredida e falou tudo. Que isso não seja mais um caso", clamou a avó materna da criança, de prenome Leide.

"Ele falava para todo mundo que tinha meus netos como filhos. Quando eu estava na casa deles, não percebia nada. Isso é revoltante demais. Eu não aguento mais", desabafou a avó.

Postar um comentário

0 Comentários