Bahia perde de virada para a Chapecoense e amplia jejum fora de casa

 


O Bahia ampliou o jejum de triunfos fora de casa e está há mais de dois meses sem vencer em território adversário. Na noite desta sexta-feira (30), o Tricolor perdeu para a Chapecoense por 3 a 1, de virada, na Arena Condá, pela 32ª rodada da Série B. Luiz Henrique abriu o placar, mas Thomás, Willian Popp e Maílton marcaram para os donos da casa. O time baiano não vence como visitante desde o dia 16 de julho e lá para cá são cinco derrotas e dois empates. Já nos últimos quatro jogos, a equipe perdeu dois e ficou na igualdade em três.

Apesar da derrota, o Esquadrão de Aço segue na terceira colocação da tabela de classificação estacionado nos 52 pontos, seis a mais para deixar o G-4. Já a Chape, subiu para a 13ª posição ao somar 38 abrindo três da zona de rebaixamento.

 

O Bahia volta ao gramado na próxima terça (4), às 21h30, para encarar o Novorizontino, no Jorjão, em Novo Horizonte, interior de São Paulo, pela 33ª rodada.

 

O JOGO

A primeira finalização foi do Tricolor. Ricardo Goulart tocou de cabeça aproveitando cruzamento de Mugni, mas ela parou nos braços do goleiro Saulo. O time baiano chegou bem novamente aos oito minutos. Primeiro com Davó que recebeu na frente já dentro da área, mas foi desarmado por Saulo. A bola sobrou com Mugni pelo lado esquerdo. O argentino bateu direto pro gol, mas mandou para fora. A resposta da Chape veio aos 10. Alisson Farias recebeu na área, mas foi travado por Marcinho. No minuto seguinte, Thomás passou para Marlon Freitas que soltou a bomba de fora da área e mandou para fora.

 

Aos 19, o Tricolor teve boa chance em cobrança de escanteio. Luiz Otávio cabeceou e a bola passou perto da trave direita de Saulo, mas foi para fora. Seis minutos depois foi a vez da Chape. Chrystian bateu de fora da área e Claus fez a defesa espalmando para escanteio. No contra-ataque do Bahia, Davó partiu, mas no um contra um bateu e ela explodiu na marcação. Ricardo Goulart matou no peito e abriu com Mugni, que soltou a bomba, mas ela foi para fora aos 28. A Chape assustou novamente aos 33 com Maílton. Em cobrança de falta, o meia arriscou direto e a pelota passou perto da trave direita de Claus.

 

Luiz Henrique abre o placar para o Tricolor
O Tricolor abriu o placar com Luiz Henrique aos 41 minutos. Jacaré dominou pela direita, levantou a cabeça e fez o cruzamento, para o lateral tocar de cabeça tirando do goleiro Saulo e balançando as redes. Chapecoense 0x1 Bahia.

Segundo tempo

Os dois times voltaram modificados dos vestiários. No lado do Bahia, Everton voltou no lugar de Matheus Davó. Já pela Chapecoense, Alisson Farias deu lugar para Willian Popp, enquanto Chrystian foi sacado para a entrada de Felipe Ferreira.

 

Chape empata com Thomás
A Chape chegou ao empate com Thomás logo aos dois minutos. Descida da equipe catarinense pela esquerda com Fernando que fez o cruzamento rasteiro e Thomás, livre de marcação, bateu de chapa e estufou as redes. Chapecoense 1x1 Bahia

O Tricolor respondeu aos quatro minutos com Ricardo Goulart. O meia recebeu na meia lua, limpou a marcação e bateu para o gol, mas Saulo caiu no canto e espalmou.

 

Chape vira com Willian Popp
A Chapecoense virou o placar com Willian Popp aos 24 minutos. Cobrança de escanteio da direita, o atacante da Chape aparece nas costas da marcação e toca para o fundo das redes para colocar a equipe catarinense na frente. Chapecoense 2x1 Bahia

A Chape ainda teve mais duas oportunidades de fazer o terceiro. Na primeira, Claus fez a defesa, enquanto na segunda a bola foi para fora passando perto da trave baiana.

 

Aos 41, o Bahia chegou ao empate com Luiz Otávio. No entanto, o árbitro Paulo Cesar Zanovelli da Silva foi ao VAR e analisou uma jogada antes do lance do gol. A revisão do juiz foi do entrevero entre Everton e Victor Ramos. O jogador do Bahia caiu no gramado, ficou sentado e o atleta da Chape encostou por trás. Ele agrediu o defensor do time catarinense. Após rever a confusão, o juiz expulsou o camisa 22 do Tricolor.

 

Chape faz o terceiro
A Chape marcou o terceiro gol com Maílton aos 47 minutos. O lateral disparou pela direita, cortou para o meio e bateu no canto esquerdo de Claus. Chapecoense 3x1 Bahia

FICHA TÉCNICA

Chapecoense 3x1 Bahia
Série B - 32ª rodada
LocalArena Condá, em Chapecó
Data30/09/2022 (sexta-feira)
Horário21h30
ÁrbitroPaulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
AssistentesBruno Boschilia (PR) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
VARPablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Cartões amarelos: Pablo Oliveira, Chrystian, Willian Popp (Chapecoense) / Luiz Henrique, Marcinho (Bahia)

Cartão vermelho: Everton (Bahia)

Gols: Thomás, Willian Popp, Maílton (Chapecoense ) / Luiz Henrique (Bahia)


Chapecoense: Saulo; Maílton, Frazan, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira (Matheus Bianqui), Marcelo Freitas e Thomás Bedinelli (Ronei); Chrystian (Felipe Ferreira), Perotti e Alisson Farias (Willian Popp). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.


Bahia: Mateus Claus; Marcinho, Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique (Patrick Verhon); Patrick (Emerson Santos), Rezende, Mugni (Copete) e Ricardo Goulart; Jacaré (Caio Vidal) e Davó (Everton). Técnico: Enderson Moreira.

Postar um comentário

0 Comentários