Mulher mantida em cárcere privado há quase 3 meses é resgatada pela Guarda Municipal em Santaluz; suspeito foi preso


Guarda teve que arrombar cadeado de portão para resgatar a vítima de 41 anos
Uma mulher de 41 anos, mantida em cárcere privado pelo companheiro, foi resgatada pela Guarda Civil Municipal (GCM) na tarde deste sábado (24), em Santaluz, na região sisaleira da Bahia. A ação aconteceu nas imediações do bairro Castro Alves. A GCM informou que os agentes foram até o local após denúncia, e tiveram que arrombar o cadeado do portão para resgatar a vítima, que apresentava vários hematomas pelo corpo.

De acordo com a corporação, a mulher relatou aos guardas que era impedida de sair de casa há quase três meses, e que também era constantemente espancada e violentada sexualmente pelo homem. A vítima disse ainda que o suspeito teria se apropriado do seu cartão de benefício social. Ela foi encaminhada ao hospital da cidade para receber cuidados médicos. O estado de saúde dela é desconhecido. Após resgatar a mulher, a equipe da GCM fez buscas e encontrou o homem em uma rua próxima ao local onde a vítima era mantida em cárcere privado. 

O suspeito, de 37 anos, foi conduzido à central de flagrantes da Polícia Civil, onde ficou preso à disposição da Justiça. Durante a ocorrência, os agentes descobriram que ele tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio em São Paulo. Não há detalhes sobre o crime, que ocorreu em março deste ano.

Postar um comentário

0 Comentários