Caixa libera empréstimo do Auxílio Brasil nesta terça, diz presidente do banco


Caixa libera empréstimo do Auxílio Brasil nesta terça, diz presidente do banco
Foto: Reprodução / Gov.br

A presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, anunciou em rede social nesta segunda-feira (10) que o banco vai começar a oferecer o empréstimo consignado do Auxílio Brasil nesta terça (11) em agências e lotéricas.
 

Procurada pela reportagem, a Caixa informou ainda não ter a data definida de liberação das contratações.
 

Na última sexta-feira (7), o Ministério da Cidadania autorizou a Caixa e mais 11 instituições a realizar empréstimos consignados para beneficiários do Auxílio Brasil e do BPC (Benefício de Prestação Continuada) a partir desta segunda (10). Porém, até as 18h desta terça (10), nenhum deles estava liberando o crédito consignado.
 

*
 

VEJA BANCOS E FINANCEIRAS QUE TÊM AUTORIZAÇÃO PARA FAZER O CONSIGNADO
 

- Caixa Econômica Federal
 

- Banco Agibank S/A
 

- Banco Crefisa S/A
 

- Banco Daycoval S/A
 

- Banco Pan S/A
 

- Banco Safra S/A
 

- Capital Consig Sociedade de Crédito Direto S/A
 

- Facta Financeira S/A Crédito, Financiamento e Investimento
 

- Pintos S/A Créditos
 

- QI Sociedade de Crédito Direto S/A
 

- Valor Sociedade de Crédito Direto S/A
 

- Zema Crédito, Financiamento e Investimento S/A
 

*
 

O empréstimo é limitado a 40% do valor permanente de R$ 400 do Auxílio Brasil. Não é considerado o valor extra de mais R$ 200 programado para ser pago somente até dezembro deste ano. Com isso, o desconto máximo é de R$ 160 mensais em até 24 meses. É possível, portanto, contratar até R$ 2.569. A taxa de juros é de até 3,5% ao mês, o equivalente a 51% ao ano.
 

Os valores são depositados pela instituição financeira na mesma conta onde é feito o pagamento do benefício, em até dois dias úteis após a contratação do empréstimo, segundo o ministério.
 


 

AS PRINCIPAIS REGRAS DO EMPRÉSTIMO DO AUXÍLIO BRASIL
 

- A taxa de juros não pode ser superior a 3,5% ao mês
 

- O empréstimo pode ser feito em até dois anos, em 24 parcelas mensais e sucessivas
 

- O valor é liberado em dois dias úteis após a aprovação do crédito
 

- Os documentos necessários para a contratação do empréstimo são carteira de identidade (RG) ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e CPF (Cadastro de Pessoa Física)
 

- Não pode haver prazo de carência para o empréstimo começar a ser descontado do benefício
 

- Bancos e financeiras não podem cobrar TAC (Taxa de Abertura de Crédito) e quaisquer outras taxas administrativas
 

- O responsável familiar cadastrado no Auxílio Brasil precisa autorizar o empréstimo e o desconto no benefício
 

- Será preciso autorizar a instituição financeira a ter acesso a informações pessoais e bancárias
 

- A autorização terá que ser feita por escrito ou meio eletrônico (não será aceita por telefone)
 

- Bancos e financeiras não poderão ligar para oferecer o consignado (não é permitido qualquer tipo de marketing ativo)
 

- O governo não poderá ser responsabilizado se o empréstimo não for pago ao banco

Postar um comentário

0 Comentários