Serrinha – Domingo marcado por duplo homicídio, mulher ferida a golpes de canivete e morte em auto de resistência

 



O plantão policial na cidade de Serrinha no último domingo, 23, foi marcado por muita violência onde foi registrado duplo homicídio, mulher ferida a golpes de faca e morte em auto de resistência, tudo ocorreu entre a madrugada e meio da tarde de ontem.


A primeira ocorrência foi registrada no Conjunto Residencial Recanto das Flores, no bairro Cruzeiro onde dois jovens foram mortos a tiros. Edvando Santos Oliveira Lopes, 18 anos, e Luiz Eduardo Ramos da Silva, 16, foram atingidos por disparos de arma de fogo na Quadra E, casa 1. Luiz Eduardo era filho José Reis.

As circunstâncias do duplo homicídio, no entanto, ainda são desconhecidas e serão investigadas pela Polícia Civil.

Policiais militares do 16º BPM foram acionados através do Centro Integrado de Comunicação (Cicom) e encontraram uma das vítimas morta no local. A outra chegou a ser levada para Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

Mulher ferida a faca na presença da filha


Também na madrugada de domingo, uma mulher foi agredida  pelo companheiro, que a esfaqueou na frente de uma criança de apenas um ano.

Segundo as informações da vítima, identificada como Talita Souza de Castro, 25 anos, moradora do Bairro da Rodagem, ela e a criança estavam em um evento na Praça Morena Bela no último sábado, 23, e ao deixarem o local foram surpreendidas pelo companheiro da vítima, que supostamente por ciúmes a esfaqueou na presença do bebê.

A vítima foi conduzida para o Hospital Municipal de Serrinha onde foi medicada e liberada.

Já o agressor que não teve a identidade divulgada foi preso e poderá responder por tentativa de feminicidio, sendo enquadrado na Lei Maria da Penha. O suspeito estava visivelmente embriagado e com ele foi encontrado um canivete.

Morte em razão do Auto de Resistência

Um adolescente de 16 anos foi baleado por volta das 15h20 de domingo, enquanto trocava tiros com a Polícia Militar (PM) em Serrinha. Ele era suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo a PM, durante patrulhamento pelo Bairro Vila Novais uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) avistou três pessoas em atitude suspeita. Os militares se aproximaram para fazer a abordagem e, neste momento, os suspeitos correram em direção a uma residência. Em seguida atiraram contra os policiais, que revidaram.

O grupo continuou a fuga pulando muros e efetuando novos disparos contra a guarnição. Os militares continuaram atrás dos suspeitos até que um dos tiros atingiu o tórax de um deles. Matheus Santos de Castro, que residia na Fazenda Oiteiro, foi socorrido para o Hospital Municipal, mas evoluiu a óbito.

Com o suspeito baleado foi apreendido um revólver Taurus calibre 38 e três trouxinhas de maconha.

 

Postar um comentário

0 Comentários