Após Moraes negar ação do PL contra as urnas, Bolsonaro faz reunião com Forças Armadas

 


O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu os comandantes das Forças Armadas no Palácio da Alvorada nesta quinta-feira (24). O encontro ocorreu um dia após o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes, negar recurso do PL que alegava mau funcionamento das urnas nas eleições.

General da reserva e candidato a vice no pleito deste ano, Braga Netto também esteve presente na reunião.

Pouco depois de os militares deixarem o palácio, a assessoria de Bolsonaro anunciou que está prevista a participação dele em um evento na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) no próximo sábado (26), em Resende (RJ).

Os comandantes do Exército, Marco Freire Gomes, da Marinha, Almir Garnier, e da Aeronáutica, Carlos de Almeida Baptista, participaram do encontro no Alvorada.

Na agenda oficial do presidente, constava apenas uma reunião com o subchefe de Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, Renato França.

O mandatário não ia ao Palácio da Alvorada desde o dia 3 de novembro. Bolsonaro não ficou muito tempo no palácio. O presidente chegou por volta das 9h e ficou pouco mais de 5 horas, quando voltou para o Alvorada.

Para o próximo sábado, está prevista a presença de Bolsonaro na Aman para cerimônia de formatura de aspirantes.

Segundo o anúncio feito pelo governo, também há previsão da ida de “algumas autoridades dos poderes Legislativo e Judiciário, oficiais generais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica”.

Postar um comentário

0 Comentários