Presidente do PL condena ataques e afirma que “invasão não representa Bolsonaro”

 



O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, se pronunciou na noite deste domingo (8) sobre os atos de vandalismo em Brasília, na Praça dos Três Poderes. Ele afirma que movimento “não representa” o partido e o ex-presidente, Jair Bolsonaro.

Em vídeo publicado em suas redes sociais, Valdemar condena o movimento e diz ser um dia triste para a nação brasileira. "Não podemos concordar com a depredação do Congresso Nacional. Todas as manifestações ordeiras são legítimas. A desordem nunca fez parte dos princípios da nossa nação. Quero dizer a vocês que condenamos veementemente este tipo de atitude. E que a lei seja cumprida, fortalecendo a nossa democracia”, afirmou.

 

Ele diz ainda que acampamentos mobilizados em frente aos quartéis depois do final das eleições eram exemplos de “educação, de confiança, e de brasilidade”. "Lá, tinham famílias representando o Bolsonaro, representando a direita. Todos os movimentos foram pacíficos e ordeiros. Esse movimento hoje de Brasília é uma vergonha para todos nós e não representa o partido. Não representa o Bolsonaro”, declarou o presidente do PL.

 

Valdemar Costa Neto pontuou que a polícia e a segurança "têm que fazer sua parte”. Disse ainda que o partido não apoia esses movimentos. "Nós apoiamos pátria, família e liberdade. Apoiamos movimentos de bem. Esse movimento de Brasília hoje foi uma vergonha para todos nós”, completou.

Postar um comentário

0 Comentários